segunda-feira, 27 de julho de 2009

Horizonte

[...] Além destes arbustos que insistem em nos rodear, existe algo muito mais puro e mais intenso do que estamos habituados a viver; algo que sem algum tipo de explicação, nos faz bem e trás uma paz, como naquela tarde de verão que estávamos apenas eu, você e algumas implicantes recordações de uma era que nunca existiu e talvez nunca existirá.

13 comentários:

  1. depois diz que é frio e calculista, eu sei que no fundo existe alguém que acredita muito em um certo sentimento ! q
    maravilhooso ! beeeijos mari, vulgo malu .

    ResponderExcluir
  2. ta ficando talentoso hein meu garoto! haha
    continue assim rapazote,beijo

    ResponderExcluir
  3. estou toda arrepiada e com uma lagrima teimosa querendo escorrer pela minha face.

    ResponderExcluir
  4. profundo e nostálgico, eu adorei

    ResponderExcluir
  5. uma boa forma de demonstrar q seu coraçao nao é uma pedra de gelo, yazinho do meu coraçao. gostaria de saber mais sobre essa tal historia ai hein uhahuauhauha adorei o texto, mas seria legal mais informaçao.
    amo voce miga.
    babi

    ResponderExcluir
  6. não vou puxar seu saco, me segue HAHAHA

    ResponderExcluir